Perfil do Emprego nos Setores Açucareiro e Petrolífero do Norte-Fluminense no Período 1970-2010

Rosélia Perissé da Silva Piquet, Érica Tavares, João Monteiro Pessoa

Resumo


Os objetivos deste texto são discutir as mudanças no emprego nos setores açucareiro e petrolífero na região Norte-Fluminense, caracterizar seus trabalhadores e identificar o momento da inflexão quanto à oferta de emprego nesses setores. A metodologia consiste em uma análise de dados secundários dos Censos Demográficos do IBGE (1970-2010) e de outras fontes. Observa-se que a qualificação profissional foi o ponto central de distanciamento entre os setores, mas a localização das novas instalações industriais também alterou a distribuição das potencialidades regionais. Os efeitos da indústria petrolífera não se limitaram às novas oportunidades de trabalho, mas contribuíram para a expansão de serviços em outras atividades, assim como na dos setores educacional e da saúde, em função da demanda derivada dos altos salários pagos pela indústria petrolífera. Notam-se sinais evidentes de que a região, de fato, mudou ao longo desses 40 anos e que ressurge, das cinzas dos canaviais, para um perfil de região inserida no mercado nacional e mesmo internacional.


Palavras-chave


Emprego. Setor açucareiro. Indústria petrolífera. Mercado de trabalho. Norte-Fluminense.

Texto completo: PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

R. Paranaense Desenv. Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, Curitiba, PR, Brasil, ISSN 2236-5567 (online) e ISSN 0556-6916 (impresso) - revista@ipardes.pr.gov.br

Indexada em:

Dialnet